Dívida de R$ 120 mil ameaça despejo de campus da UFBA

O campus Jorge Amado, da Universidade Federal do Sul da Bahia, localizado em Ferradas, em Itabuna, corre risco de ser despejado por conta de uma dívida de R$ 120 mil no pagamento do aluguel do prédio. O custo mensal do aluguel é de R$ 40 mil e a dívida é referente a três meses. Além do campus Jorge Amado, a UFSB possui outros dois campi, o Sosígenes Costa, em Porto Seguro, e o Paulo Freire, em Teixeira de Freitas.

RTEmagicC_74d5e7fc4d.jpg

-Publicidade-
-Publicidade-

Segundo informações da assessoria de comunicação da UFSB, através de um convênio, cabe à prefeitura de Itabuna o pagamento do aluguel do prédio. Em nota, a assessoria de imprensa do município alega que Itabuna passa por uma crise financeira, mas que nos próximos 60 dias as pendências devem ser regularizadas.

“A Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria Municipal de Fazenda vem trabalhando firmemente para pagar fornecedores e prestadores de serviço em dia, apesar das consequências no município da crise econômico-financeira que o País enfrenta. De acordo com o cronograma em andamento até o mês de abril todos os pagamentos pendentes de regularização deverão ser feitos”, afirma a nota.

Também através de nota, a assessoria de comunicação da UFSB informou que a reitoria da universidade aguarda a resolução do impasse e que “as atividades acadêmicas e administrativas prosseguem com normalidade, sem alteração no planejamento”.

Fonte: Correio