José Cupertino ratifica apoio de seu grupo à José Tude

Em entrevista nesta segunda-feira (14) no programa Camassary News na Camaçari FM, o ex vereador José Cupertino ratificou seu apoio e de todo o seu grupo político, à candidatura do ex prefeito José Tude (PMDB).

Cupertino entregou há cerca de um mês o cargo de secretário municipal de turismo ao prefeito Ademar Delgado (PT), renunciou à presidência do PSD da cidade, e juntamente com todo o diretório e executiva municipais, além de muitos filiados, aportaram na candidatura do peemedebista.

-Publicidade-
-Publicidade-

1d5bbe1c-b684-4609-85a6-33cd80ea4eff

Durante a entrevista José Cupertino foi questionado sobre os motivos pelos quais escolhera José Tude para apoiar, sendo que existem pelo menos outros quatro pré candidatos postulando a prefeitura. O ex prefeito e atual Deputado Fedral Luiz Caetano (PT), Jailce Andrade (PCdo B), o Vereador Elinaldo Araújo (DEM) e Francisco Irmão (Solidariedade).

Segundo Cupertino a escolha foi objetiva, “Eu e meu grupo político decidimos apoiar Tude pelo conjunto da obra. Foi o prefeito que mais realizou na cidade, as principais obras estruturantes de Camaçari, foi Tude que fez. Criou a bolsa universitária, construiu a nova feira, que embora hoje abandonada, quando foi inaugurada parecia um Shopping Center. Trouxe a brigada socorrista Anjos do Asfalto para a Via Parafuso e Estrada do Côco, antes mesmo de existir o pagamento do pedágio. Eu poderia passar toda minha entrevista falando das muitas e importantes coisas que Tude fez. Mas pra mim, tem grande peso também a experiência administrativa de Tude, e sua capacidade de formar uma equipe de técnicos e especialistas, capazes de promover as boas práticas para uma gestão pública de excelência.”

Cupertino aproveitou a entrevista para alfinetar o ex e atual prefeito de Camaçari. “Se o governo Ademar Delgado vai mal, se a administração não dá conta de atender minimamente a população com serviços básicos de qualidade, Caetano tem grande parcela de culpa. Foi Luiz Caetano que avalizou, bancou politicamente o nome de Ademar nas eleições de 2012, assumindo a responsabilidade pela indicação. Dizia inclusive, que se Ademar fosse mal prefeito, o povo de Camaçari não deveria mais votar nele. Ora, a palavra tem poder. Agora Caetano vai colher o que plantou com ações e com palavras”, concluiu José Cupertino.

ASCOM PMDB de Camaçari