Autor de 8 assassinatos em Camaçari é preso

O traficante Almir da Luz Cavalcanti, o Gabriel, de 19 anos, responsável pela morte de oito pessoas em menos de um mês, em Camaçari, foi preso, durante operação conjunta das polícias Civil e Militar, na quarta-feira (8). Gabriel justifica as mortes, confessando que todos eram rivais do tráfico, com os quais havia se desentendido.

DHPPDHRMSAlmirdaLuzRogeresAlbertHenrqueGomes10062016

Almir Cavalcanti o Gabriel, 19, Rogeres Albert Lopes Barreto, o Nino, 24, e Henrique Gomes dos Santos, o Carlete, 27

 

Com passagem por tráfico, Almir foi preso com uma submetralhadora de fabricação artesanal e mais sete revólveres calibres 32 e 38, uma pistola 380, além de munições, crack e maconha. Na delegacia, ele assumiu as mortes Anderson Souza dos Santos, 23, Gleidson do Rosário de Jesus, 22, Ângela da Silva Martins, 23, Uedson Santos, 21, Joilson Conceição Rodrigues, 32. Todos ocorridos entre os dias 7 e 28 de maio.

No momento da prisão, Almir estava na companhia dos traficantes Rogeres Albert Lopes Barreto, o Nino, 24, e Henrique Gomes dos Santos, o Carlete, 27. Os três são acusados de assassinar, no dia 5 de junho, os também traficantes Marival Romão Santos, 18, Cássio Paulo dos Santos, 25, e Cleiton Silva Lima, o Rato, 17. O triplo homicídio ocorreu no Parque Satélite, mesmo local em que foram presos.

Participaram da operação a Delegacia de Homicídios/RMS, 18ª Delegacia Territorial (DT/Camaçari) e 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Os criminosos foram apresentados à imprensa, nesta sexta-feira (10), pelas delegadas Maria Thereza e Thaís Cerqueira, titulares da DH e 18ª DT, respectivamente, e pelo tenente-coronel PM Henrique Melo, comandante do 12º BPM.

Ascom: SSP