Pesquisas confirmam importância de Neto

As duas mais novas pesquisas do Instituto Paraná sobre a sucessão municipal na Bahia confirmam a importância do prefeito ACM Neto (DEM) como cabo eleitoral em cidades da Região Metropolitana de Salvador, tendência antecipada pela Satélite no domingo passado. No total, 60% dos eleitores de Camaçari disseram que aumentaria a vontade de votar em um candidato apoiado por Neto, contra 25,1% do governador Rui Costa e 6,9% do prefeito de Camaçari, Ademar Delgado (PCdoB). Apenas 6,4% dos entrevistados disseram que a aliança com o democrata reduziria o desejo deles, ante 18,4% de Rui e 46,6% de Delgado. Os índices são semelhantes ao de Dias D’Ávila, onde o apoio de Neto é considerado decisivo para 58,5% dos entrevistados. Em segundo e terceiro, estão Rui e o ex-ministro Jaques Wagner (PT), com 29,7% e 24,2%, respectivamente.

22_05_13_Prefeito-ACM-Neto_foto-Valter-Pontes_AGECOM19

-Publicidade-
-Publicidade-

Turma do fundão
O Instituto Paraná também mediu os índices de avaliação do governo Rui Costa nos dois municípios. Em Dias D’Ávila, o petista é aprovado por 52% dos eleitores, enquanto 40,8% desaprovam a gestão. Os que não quiseram ou não souberam responder somam 7,2%. Em Camaçari, os percentuais são semelhantes. O governador é bem avaliado por 53% dos entrevistados e 40% acham o contrário. Assim como identificado na pesquisa do Instituto Paraná feita na capital e divulgada na semana anterior, a administração de Rui enfrenta maior resistência entre as mulheres e o eleitorado com idade entre 16 e 44 anos.

Divergentes e insurgentes
Em resposta à nota Dançando com o Inimigo, publicada ontem, a jornalista Priscila Chammas, pré-candidata do PSL à Câmara de Vereadores de Salvador, diz que, ao contrário dela, estranho no ninho é a direção do partido na Bahia, comandado pelo presidente da Assembleia, Marcelo Nilo, linha de frente da tropa governista . “O PSL está passando por um processo nacional de reformulação, através da corrente liberal chamada ‘Livres’, que já ocupa boa parte dos estados”, disse Priscila, que se tornou conhecida nas redes sociais pelas postagens antipetistas. “Continuarei tendo total liberdade para criticar o PT. Não preciso rezar pela antiga cartilha do partido”, afirmou.

Pílulas
*Boi na linha: O deputado estadual Eduardo Salles (PP) denunciou ontem Vivo, TIM, Oi e Claro ao Ministério Público por má prestação de serviços em 30 municípios do interior.

* Pão e seca: Mesmo em situação de emergência por causa da estiagem, Irecê não economiza com os festejos juninos.

Aspa
“Estamos nos preparando, conversando dentro da bancada e com líderes que desejam convergência em torno de um candidato capaz de restabelecer a normalidade”, Antonio Imbassahy, líder do PSDB na Câmara, sobre a sucessão de Eduardo Cunha (PMDB) no comando da Casa