Shows no Pelourinho começam amanhã

Quem vai ficar em Salvador por causa do trabalho ou porque preferiu segurar os gastos, não precisa desanimar. Todo mundo sabe que o São João é forte no interior, mas um pouco dessa tradição toma conta da capital, a partir de amanhã, em uma programação gratuita que segue até sábado, no Terreiro de Jesus, no Centro.

RTEmagicC_sjpelo-cicinho.jpg

Variada, a lista de atrações se dedica à essência junina. Alceu Valença, Flávio José e Targino Gondim estão entre os destaques da festa que começa amanhã, com shows dos forrozeiros baianos Adelmário Coelho, Val Macambira e Cicinho de Assis, do sanfoneiro Dorgival Dantas (RN) e da Orquestra Sanfônica de Serrinha.

“Priorizamos a valorização da cultura nordestina e buscamos dar uma cara mais tradicional, no Centro”, explica o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, responsável pelo São João da Bahia, que inclui atrações mais pop em Paripe, a partir de sexta.

Um dos destaques de amanhã, no Terreiro de Jesus, é o forrozeiro Adelmário Coelho. Defensor ferrenho das origens nordestinas, o cantor passeia por sucessos dos seus 22 anos de carreira e investe na releitura de clássicos de Luiz Gonzaga (1912-1989), Jackson do Pandeiro (1919-1982) e Dominguinhos (1941-2013).

Feliz em representar a tradição, Adelmário destaca o “desequilíbrio grande” nas atrações do São João pelo interior. “Nada contra nenhum gênero ou cantor, mas tem cidades que se apropriam do nome ‘São João’ e não se vê nenhum forrozeiro na programação. Não estou dizendo que não possa colocar outros gêneros, mas que não seja exagerado a ponto de ser zero a participação dos verdadeiros representantes”, critica o artista.

Assim, quem estiver em busca do clássico dois pra lá, dois pra cá, tem um encontro marcado no Terreiro de Jesus. Xote, baião, xaxado… Não vai faltar ritmo para embalar os festejos. Discípulo de Gonzagagão e Dominguinhos, o sanfoneiro Cicinho de Assis vai se encarregar disso, às 21h.

Depois dele, quem assume é Val Macambira, às 23h, com repertório que passeia por forró pé de serra, xote, maracatu, embolada e repente. A abertura da noite, às 17h, é da Orquestra Sanfônica de Serrinha, composta por 20 músicos – entre crianças e adultos. No repertório, estão músicas de Luiz Gonzaga, Trio Nordestino e outros clássicos.

O primeiro dia do São João no Centro termina com show de Dorgival Dantas. Um dos campeões de direitos autorais no Brasil, Dorgival é autor de sucessos como Bará Berê, gravado por Michel Teló; Coração, por Tomate; Você não Vale Nada, registrada pela banda Calcinha Preta; e Pode Chorar, por Alexandre Pires.

E quem pensa que a programação para por aí, a trilha de amanhã também toma conta do Largo do Pelourinho, a partir das 18h. O som fica por conta dos forrozeiros Gereba e João Almeida, da banda Flor Serena e do Bando Virado no Mói de Coentro.

Arraiá no terreiro

Atrações: Orquestra Sanfônica (17h) | Adelmário Coelho (19h) | Cicinho de Assis (21h) | Val Macambira (23h) | Dorgival Dantas (1h)

Quando: Amanhã, a partir das 17h

Onde: Terreiro de Jesus (Centro Histórico)

Entrada Gratuita