Carlinhos Cachoeira e ex-diretor da Delta são presos

O bicheiro Carlinhos Cachoeira e o ex-diretor da Delta Construções, Cláudio Abreu, foram presos pela Polícia Federal durante a Operação Saqueador, na manhã desta quinta-feira (30). Cinco mandados de prisão têm como alvos acusados de participação em um esquema de desvio de verbas públicas e lavagem de dinheiro, no valor de R$ 370 milhões.

1618254

 

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o empresário Fernando Cavendish, presidente da empreiteira Delta, também está entre os principais acusados de envolvimento no esquema. Além dele, foram denunciadas 22 pessoas – executivos, diretores, tesoureira e conselheiros da empreiteira, assim como proprietários e contadores de empresas fantasmas, criadas por Carlinhos Cachoeira, Adir Assad e Marcelo Abbud.

Cachoeira foi preso no condomínio de luxo Alphaville Cruzeiro do Sul, em Goiânia, e levado junto com Abreu para o Rio de Janeiro. Já Cavendish não foi encontrado e é considerado foragido pelas autoridades.

Segundo o MPF, foram reastreados os pagamentos feitos pela Delta a empresas de fachada. Foi verificado ainda aumento dos valores dessas transferências em anos de eleições. Foram feitas transferências, por exemplo, de R$ 80 milhões para uma obra inexistente chamada Transposição do Rio Turvo, no Rio de Janeiro.

As empresas, que só existiam no papel, recebiam o dinheiro, mas não executaram o serviço. De acordo com o MPF, as empresas de Adir Assad e Marcelo Abbud emitiam notas frias não só para a Delta, mas para muitas outras empresas. Segundo as investigações, o esquema também serviu de suporte à corrupção na Petrobras.

Neste momento, os policiais cumprem os demais mandados de prisão e de busca e apreensão em endereços no Rio de Janeiro, Goiânia e São Paulo. A Polícia Federal divulga mais detalhes da Operação Saqueador, às 10h, em entrevista coletiva no Rio.

Fonte: Correio