Vacinação ao combate animal segue até 2 de setembro

Até 2 de setembro, agentes de endemias do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) realiza a Campanha Municipal de Vacinação Anti-Rábica Canina. A iniciativa é realizada de casa em casa e hoje (04/08) beneficia o bairro Burissatuba. A ação tem a finalidade de imunizar cães e gatos da sede e orla do Município.

6c438444-ff6d-4438-8a7f-ee0df64ddf32
A vacinação em domicílios é realizada de segunda a quinta-feira, das 8h às 16h. Nas sextas-feiras as doses são aplicadas nas UBSs (Unidade Básica de Saúde) e USFs (Unidade de Saúde da Família) da sede e da orla, também das 8h às 16h.
As próximas localidades contempladas com a campanha são Cancelas, dia 8 de agosto, e Lagoa Seca, no dia 9, as duas estão localizadas em Barra do Pojuca. Em seguida, a iniciativa contempla o subdistrito de Parafuso.

De acordo com a coordenadora do programa de raiva no Município, Sandra Passos, após a campanha, as pessoas com dificuldades de locomoção que não puderam ir às unidades de saúde, devem solicitar a vacinação em casa, através do telefone 3634-5753/5743.

A dona de casa Eliene Pereira, 48 anos, recebeu a equipe do CCZ para vacinar, pela primeira vez, o cachorrinho da família, Piriquitinho, 8 meses. “É muito boa essa iniciativa da Sesau, parabenizo a equipe pelo trabalho que tem realizado aqui no bairro”, disse a moradora da rua do Lírio, que ainda recebeu orientações dos agentes de endemias para levar o animal na unidade de saúde, para tomar a segunda dose daqui a 30 dias.

Para vacinar os animais nas unidades de saúde, os donos devem apresentar o cartão de vacina. Caso não tenha, será emitida uma nova na hora. Os animais doentes não são vacinados e nem os que estiverem gestantes, que serão vacinados após o período da gestação.

De acordo com o CCZ, os animais que nunca foram vacinados contra a raiva devem tomar a dose de reforço 30 dias após a primeira. A medida visa garantir a imunização pelo período de um ano. Devem ser imunizados animais com idade a partir de três meses que não tenham recebido nenhum tipo de vacina e os que têm mais de seis meses e já tenham sido vacinados contra outras doenças.
DOENÇA

A raiva é uma doença que afeta a saúde de animais mamíferos e não tem cura. Os cães e gatos afetados com a doença apresentam alterações de comportamento, agitação e anorexia. Em poucos dias os sintomas aumentam e o animal infectado fica agressivo.

Os diagnósticos mais comuns são hidrofobia, falta de coordenação motora, paralisia dos músculos, dificuldade de se alimentar, de salivação e deglutição. A doença evolui rapidamente e leva o animal à morte em até 11 dias, por isso, uma vez infectado, o animal deve ser sacrificado.

Ascom : PMC