Em sessão relâmpago na Câmara, vereadores aprovam 50% de reajuste de salários

Não durou 10 minutos a 35º sessão extraordinária na Camâra de Vereadores de Camaçari, nesta terça – feira , 1º de novembro. A surpresa das pessoas presentes na plenária foi à velocidade na votação do Projeto de lei n 29 e 30 /2016 de autoria da mesa da Câmara de Vereadores que reajusta a remuneração dos edis, prefeito, vice e secretários em cerca de  50%.

camd
Em meio à confirmação unanime dos presentes, ou seja, todos votaram a favor do reajuste, o público presente questionou a atitude dos vereadores, fato  que provocou o encerramento da sessão. “Estamos diante de uma palhaçada. O prefeito diz que o município não tem dinheiro para saúde e educação, mas tem para reajuste de salário deles”, afirmou a dona de casa Marta Campo de 32 anos.

camaradentro
Questionado pela nossa reportagem, o vereador Sessé de Abreu afirmou que o salário está congelado há  4 anos e que o aumento seria de 7% ao ano, totalizando 28%. Sesse de Abreu também ressaltou que a atividade não tem direito a férias nem 13º.
O clima durante a sessão foi de contradição entre os edis. Contrariando a informação de Sessé , o  vereador Oziel informou que o reajuste foi de 24% .  No entanto, uma fonte interna confirmou um aumento de 50%.

Questionados pela pauta da sessão para confirmar a informação, a nossa equipe foi informada que,se tratando de uma sessão extraordinária, não seria possível.

Redação Nossa Metrópole