Acusado de latrocínio de PM é preso em Arembepe

Felipe de Souza Santos, apontado com um dos autores do latrocínio do soldado PM Roberval Conceição, morto a tiros durante um assalto, em Pojuca, em março deste ano, e os comparsas Moisés Pinto e Adailton Nascimento de Santana foram presos e autuados em flagrante pela delegada Daniele Monteiro, titular da 26ª DT/Abrantes, na sexta-feira (18).

lipe

Eles são suspeitos de integrarem a quadrilha do traficante Jandson, o Zum, e estavam escondidos em Açuzinho depois da prisão de parte da quadrilha na localidade de Bela Vista de Arembepe. Outros seis suspeitos conduzidos para a delegacia foram liberados depois de prestarem esclarecimentos. Felipe, Moisés e Adailton seguem custodiados na carceragem da 26ª DT/Abrantes, à disposição da Justiça.

drogas
Armas, munições, drogas e um artefato explosivo foram apreendidos, além de 1 espingarda de caça, 2 revólveres calibre 38, 12 munições do mesmo calibre e mais munições para calibre 32, uma balança de precisão. Foram encontrados também um tablete de maconha prensada, 20 trouxinhas da droga, 52 pinos de cocaína prontos para venda e 93 pinos vazios, além de celulares, relógios e dinheiro.