Williams anuncia o retorno de Felipe Massa

Menos de dois meses após se aposentar, o brasileiro Felipe Massa está de volta à Fórmula 1 e na mesma equipe de antes. Nesta segunda-feira (16), ele foi anunciado pela Williams como piloto para a temporada 2017. A escuderia também anunciou a saída do finlandês Valtteri Bottas para a Mercedes, onde substituirá o campeão Nico Rosberg – o alemão anunciou a aposentadoria e não voltou atrás.

masa

-Publicidade-
-Publicidade-

O brasileiro disse que, apesar da despedida no final do ano passado, ainda tinha a vontade de pilotar na F-1 e, por isso, voltou quando surgiu a oportunidade na Williams. “Minha intenção sempre foi correr em algum lugar e ainda tenho a paixão por correr e competir. Tenho também um forte amor pela Williams e eu curti muito os últimos três anos com a equipe. Por isso, voltar para ajudar a dar estabilidade e experiência para a temporada de 2017 foi o que achei certo fazer”.

 

 

Com o anúncio, Massa tem a volta à F-1 confirmada menos de dois meses após fazer sua despedida oficial, no GP de Abu Dhabi do ano passado. Toda a movimentação do mercado de pilotos com menos de oito semanas para o início dos testes de pré-temporada – que serão realizados a partir de 27 de fevereiro, na Espanha – aconteceu após a surpreendente aposentadoria de Rosberg, anunciada apenas cinco dias após a conquista de seu primeiro título mundial.

 

“Creio que o que aconteceu no fim da temporada, com a inesperada retirada do Nico, provocou uma reviravolta única de eventos. Foi oferecida uma oportunidade fantástica ao Bottas e, como resultado, uma oportunidade surgiu para mim. Quando a mídia começou a noticiar um provável retorno meu, eu li que muitos fãs queriam que eu voltasse. Isso certamente pesou muito na minha decisão. Mas no final do dia, quando recebi o convite eu não pude recusar. Era a Williams”, contou Massa.

O canadense Lance Stroll, de apenas 18 anos, que seria o substituto de Massa, agora será o companheiro de equipe do brasileiro.

Fonte: Correio