Protesto de estudantes interrompe sessão na Câmara de Vereadores

A dificuldade da gestão de dialogar e gerir a cidade foi mais uma vez confirmada com o encerramento da sessão desta terça-feira (22/08), na Câmara de Vereadores de Camaçari. O motivo foi a chegada dos estudantes que protestavam em apoio aos professores que estão em greve.

 

 

A Bancada de Oposição, que foi contrária a atitude da base governista, dialogou com os estudantes que pontuaram problemas nas unidades de ensino, como a falta de energia, água e merenda, além de ratificarem que estão ao lado dos professores por entenderem que a categoria luta por reajuste salarial alinhado a inflação.

 

A recorrente falta de diálogo da gestão com a população também foi questionada pelos estudantes, fato que já vem sendo interpelado pelos vereadores de oposição desde o início do ano. “Um governo que se diz a mudança não pode se negar a ouvir o povo. Sobretudo o apelo da juventude no que diz respeito a educação”, pontuou o líder da Bancada de Oposição, Teo Ribeiro (PT).

 

Os alunos ainda relataram que foram barrados ao tentar acessar a Secretaria da Educação e nem conhecem a responsável pela pasta. “Não existe uma aproximação da gestão com os jovens. Nós não somos ouvidos”, disse o estudante Israel Ribeiro.
A partir dos relatos dos estudantes, a Bancada de Oposição acionará a Comissão da Educação e Assistência Social da Câmara, que se ausentou do debate, e mais uma vez, cobrará ao governo mais sensibilidade com a referida pauta.

 

Ascom: Bancada de Oposição