Dia Nacional de Luta Contra Violência à Mulher é lembrado

O Dia Nacional de Luta Contra a Violência à Mulher, comemorado em 10 de outubro, foi lembrado nesta terça-feira (10/10) no Centro de Referência de Atendimento à Mulher Vítima de Violência (CRAM) Yolanda Pires.

 

 

A intenção é chamar a atenção da sociedade para o alto número de casos dessa natureza na cidade de Camaçari. “Precisamos discutir políticas públicas de enfrentamento à violência e combate ao feminicídio”, declarou a coordenadora do CRAM, Bela Batista.

 

De acordo com Bela Batista, nesses nove primeiros meses de governo cerca de 1.000 mulheres foram atendidas pelo CRAM Yolanda Pires. No entanto, segundo a coordenadora, este número ainda não retrata a realidade de Camaçari.

 

Por meio do CRAM Yolanda Pires já foram realizadas diversas atividades na sede e orla do município, a exemplo de conscientização e atendimentos às mulheres; ações comunitárias; palestras em escolas; parcerias com órgãos federais e estaduais, onde dezenas de vagas foram oferecidas às mulheres que não conseguem romper o ciclo de violência em função da situação de vulnerabilidade social na qual vive.

 

O CRAM Yolanda Pires está vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes). Localizado na Rua da Ambrósia, s/n°, bairro Dois de Julho, o centro funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Dúvidas, orientações, informações ou agendamento podem ser realizados por meio dos telefones 3627-2481.

Ascom: PMC