Vitória volta a jogar uma partida oficial após 28 dias de pausa

 

Osmar Loss tem novidades no elenco em relação ao time que perdeu para o Oeste no último jogo antes da pausa. Foto: Divulgação/E. C. Vitória

 

Foram exatamente 28 dias de intervalo na Série B por causa da disputa da Copa América. Vinte e oito dias em que o Vitória fez o que pôde para mudar a cara do time, lanterna da competição. E tudo o que a torcida quer saber nesta terça-feira (9), a partir das 19h15, é o seguinte: vai ou não vai ser uma equipe diferente?

O duelo pela 9ª rodada é no Barradão, e o adversário, o Cuiabá, 15º na tabela com oito pontos. É o primeiro de dois jogos seguidos em casa. O próximo será no dia 19, às 21h30, diante do Criciúma.

Antes de tudo, é necessário revisar ao torcedor o que aconteceu no Vitória nesse período. Primeiro, todas as atividades tiveram os portões fechados para os jornalistas – inclusive o jogo-treino com o Jacuipense, vencido por 1×0, na quarta-feira passada (9).

A bem da verdade, parte disso aconteceu por causa da própria Copa América. Como o Barradão foi um dos centros de treinamento das seleções que jogaram em Salvador, o Leão seguiu as regras da Conmebol.

Em relação às novidades no elenco, são três: o goleiro uruguaio Martín Rodríguez, o lateral esquerdo Chiquinho, que também joga como meia, e o volante Baraka. Todos estão regularizados.

O elenco também recebeu reforços oriundos do time sub-23. No caso, os atacantes Júlio e Thiaguinho. A dupla, que se destaca no Brasileiro de Aspirantes, foi observada pelo técnico Osmar Loss e incorporada ao time principal.

Thiaguinho, de 21 anos, jogou no Jacuipense no Campeonato Baiano e está emprestado pelo clube do interior. Júlio tem 19 anos e é da base rubro-negra.

O zagueiro Bruno Bispo foi reintegrado ao time no período. O defensor de 22 anos chegou a ser afastado no início da gestão de Paulo Carneiro e passou a disputar o Brasileiro de Aspirantes.

Escalação muda pouco
Apesar dos três reforços e dos atletas incorporados ao elenco, pelo menos na escalação o Vitória não deve mudar tanto em relação ao último compromisso – derrota por 3×0 para o Oeste, dia 11 de junho.

Segundo o que foi publicado pela assessoria de imprensa do rubro-negro, Loss colocou em campo no jogo-treino um time com apenas duas mudanças, ambas no ataque, com Felipe Gedoz e Marcelo.

As duas alterações aconteceram por causa de lesões. Na comparação com o time que enfrentou o Oeste, Gedoz entrou na vaga de Wesley e Marcelo na de Ruan Levine.

Wesley está em recuperação de uma torção no joelho sofrida na intertemporada. Já Ruan rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito e só volta em 2020.

Como manteve a formação de linha do jogo-treino nos treinos táticos do restante da semana, a tendência é que essa seja a equipe que entra em campo diante do Cuiabá. Osmar Loss, porém, deve fazer uma mudança no gol, com a estreia de Martín Rodríguez.

O comandante tem outras baixas, sobretudo no ataque: Felipe Garcia, que se recupera de lesão muscular na coxa, e Matheus Augusto, com dor na panturrilha. Por conta disso, o atacante Luan Gabriel, destaque do sub-20 e do sub-23, foi incorporado ao grupo durante a semana.

A provável escalação tem: Martín, Van, Everton Sena, Zé Ivaldo e Capa; Gabriel Bispo, Marciel e Gedoz; Marcelo, Ruy e Anselmo Ramon.

O ingresso custa R$ 60 na arquibancada e R$ 100 na cadeira (meia a R$ 30 e R$ 50). Vendas no Barradão, no site futebolcard.com e nas lojas oficiais nos shoppings Lapa, Capemi e Paralela.

Fonte: Correio 24h