Dedinho de Prosa relembra velhos tempos de Arembepe no sábado (5)

O projeto “Dedinho de Prosa” acontece neste sábado (5), das 14h às 19h, na Praça dos Coqueiros, em Arembepe, Costa de Camaçari. A iniciativa reúne moradores e convidados para uma conversa sobre os acontecimentos antigos da localidade, a exemplo do início da aldeia hippie.

O evento, que está em sua 1ª edição, já começa de uma forma bem especial: homenageando a terceira idade. Além de promover o resgate de histórias do local e o compartilhamento de conhecimentos e curiosidades sobre Arembepe, o público também irá desfrutar de apresentações que exploram diferentes linguagens artísticas, a exemplo da música e da poesia.

-Publicidade-
-Publicidade-

“Dedinho de Prosa” tem o objetivo de integrar pessoas, através de um bate-papo com os moradores e visitantes. “Arembepe precisa motivar a convivência entre as pessoas, relembrar os velhos tempos. Tudo que fazemos aqui é para movimentar a nossa Costa, torná-la ainda mais atrativa”, diz Rita Maria, organizadora do evento.

Além do bate papo entre os moradores, o projeto ainda contempla música e oficina de teatro. “Vamos trazer poesia, música e teatro. A atração musical fica com por conta da banda Status, que vai fazer uma seresta para o público da melhor idade. Já a oficina de teatro ficará a cargo de Ivanildo Antônio”, conta Rita. O evento é gratuito, mas a organização sugere que cada participante leve um quitute.


O projeto

O projeto “Dedinho de Prosa” foi elaborado este ano, com o objetivo de integrar a comunidade de Arembepe, proporcionando uma reflexão sobre a importância de cuidar da localidade, através das memórias dos seus moradores mais antigos. O “Dedinho de Prosa” terá periodicidade mensal e levará, além de um bom bate-papo, atividades como oficina de teatro, pintura e muita música.

“Cada pessoa que participa desse encontro se enriquece com as memórias do lugar onde mora. Arembepe tem uma cultura muito rica, a começar pelo início do movimento hippie”, explica a idealizadora do projeto, Rita Maria. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (71) 9.8683-7382.

 

Fonte: Ascom/PMC