Grupo Mulheres Unidas Camaçari publica nota de repúdio contra morte de Marilene Estrela

Foto: Divulgação

Integrantes do grupo Mulheres Unidas Camaçari estiveram no velório de Marilene Estrela nesta quarta-feira (27), na Lama Preta, e protestaram contra a violência contra mulher no município. Além disso, a entidade publicou nota de repúdio ao caso.

Marilene Estrela, ex-funcionária da Prefeitura de Camaçari, foi encontrada morta em um terreno baldio na Avenida Radial A na tarde desta terça-feira (26). O corpo da vítima tinha marcas de facadas e sinais de estupro.

Leia abaixo a nota na íntegra:

Nota de Repúdio

O grupo Mulheres Unidas Camaçari lamenta o assassinato após estupro da mãe, esposa, filha, aposentada e mulher, Marilene Estrela, moradora da Radial A, Camaçari-BA. É inadmissível que ainda nos deparamos com tais atrocidades cometidas pelo fato de sermos Mulheres. Cadê a segurança municipal e estadual? Já não basta termos de sair de nossas casas sem celulares para não sermos roubadas ou com incerteza se iremos retornar com vida para nosso lar?

Cadê as autoridades da prefeitura para cobrarem dos donos dos terrenos baldios as manutenções para evitar que esses terrenos não virem um ambiente propício para os vândalos? Nós queremos e exigimos respostas e justiça e ações combativas de fato das autoridades cabíveis, pois não vamos mais tolerar o descaso da insegurança no município de Camaçari Bahia.