Trio invade casa de prostituição em Monte Gordo e mata dono

Foto: Arquivo pessoal

O português Amilcar José Farias Medeiros, 31 anos, foi morto na noite desta segunda-feira (9), por volta das 19h30, após três homens invadirem a casa de prostituição, da qual era proprietário, em Morte Gordo, orla de Camaçari. A vítima, conhecida como Zeca, foi sequestrada e morta.

Segundo a polícia, os suspeitos entraram no local e renderam Amilcar, a esposa dele, Tainá Pereira de Souza, e clientes. A 33ª Delegacia Territorial trabalha com duas linhas de investigação, uma delas é de que a casa foi alvo de assaltantes, já que suspeitos perguntaram pelo dinheiro do caixa. Conforme informações policiais, o local já havia sido alvo de assalto há alguns meses.

-Publicidade-
-Publicidade-

O corpo de Amilcar José Farias Medeiros foi encontrado dentro de um carro, com marcas de tiro, na localidade conhecida como Cascalheira, em Monte Gordo. A polícia revela que junto com o corpo foram encontrados celulares roubados das outras pessoas que estavam na casa no momento do crime.

O pai de Amilcar José Farias Medeiros foi executado de forma parecida há alguns anos Além disso, o dono da casa de prostituição já tinha sido preso com outras duas pessoas em agosto de 2017 por adulteração de veículos, incluindo a sua esposa. A 33ª DT investiga se o sequestro, seguido de execução, também tem relação com essa ficha criminal do português, que morava há nove anos no Brasil.