Representantes da Aldeia Hippie discutem revitalização da localidade e ações permanentes

Foto: Ascom Setur

A história e a cultura da Aldeia Hippie de Arembepe, na Costa de Camaçari, continuam vivas e fortes. Uma comissão representando os moradores da comunidade se reuniu com o secretário de Turismo de Camaçari, Gilvan Souza, na sede da Setur para discutir projetos de valorização cultural da aldeia e fortalecimento do turismo no local, com a criação de um calendário permanente de atividades.

Na reunião, realizada nesta quarta-feira (18), o grupo discutiu a revitalização da Aldeia. Com a requalificação prevista, a secretaria revela que o espaço passará a ser um Parque Ecológico e Museu Vivo, responsável não apenas por preservar toda a área verde, mas a história e a cultura da localidade.

A Aldeia Hippie de Arembepe conta com 31 cabanas, que são utilizadas como residências, e que, segundo a Setur, serão preservadas e transformadas em obras de arte por artistas internacionais, nacionais e locais, que abordarão em suas composições 23 temas.