Primeira-dama passa por cirurgia de troca de próteses de silicone

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, passou por procedimentos cirúrgicos estéticos nesta quinta-feira (2). Ela trocou as próteses de silicone e foi submetida a correções no músculo do abdômen.

Segundo o jornal Estado de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi visitar a esposa ainda na noite de ontem. A cirurgia de Michelle teria sido um dos motivos pelos quais Bolsonaro decidiu passar o Ano Novo em Brasília e retornar mais cedo da Base Naval de Aratu, em Salvador.

-Publicidade-
-Publicidade-

Os procedimentos foram realizados no Hospital DF Star e o médico-cirurgião, Regis Ramos, informou que Michelle Bolsonaro está no quarto e em breve poderá andar e se alimentar. “Foi realizada uma cirurgia para corrigir um afastamento do músculo do abdômen, em função das duas gestações dela. Na mama foi realizada a retirada de uma cápsula em volta de uma prótese antiga”, explicou.

Mesmo sendo um procedimento estético, o médico afirmou que com o tempo as próteses de silicone podem causar dor na mama. “O implante dela já tinha mais ou menos 10, 12 anos. Aí é necessária a retirada do implante para colocar um novo”, disse.

Além disso, as cirurgias corrigiram uma diástase e hérnia umbilical. Segundo o jornal, os procedimentos duraram quatro horas e meia e a previsão de alta é na manhã deste sábado (4). Bolsonaro informou que a filha mais velha, Letícia, 16 anos, deve passar a noite com a mãe.