“Gato de água” abastecia clandestinamente 32 apartamentos em Simões Filho

Foto: Divulgação

Uma ligação clandestina que desviava água da rede distribuidora da Embasa e abastecia um bloco residencial com 32 apartamentos no conjunto Ilha de São João, em Simões Filho, foi desativada.

A Embasa estima que a fraude gerava um desperdício mensal de aproximadamente 480 metros cúbicos. O ‘gato de água’ foi descoberto nesta quinta-feira (9).

Segundo a companhia, a matrícula do imóvel estava inativa, com 42 contas em aberto, sendo o último corte executado em novembro de 2019. A dívida já chega a R$ 80 mil. O responsável não foi localizado no momento da ação, mas será chamado posteriormente pela Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

A ação contou com apoio da Polícia Militar, Polícia Civil e Departamento de Polícia Técnica.

A empresa alerta que qualquer intervenção no hidrômetro e na rede da Embasa com o intuito de furtar água é crime e o infrator está sujeito ao cumprimento das penalidades previstas na legislação vigente. O usuário que estiver nessa situação deve procurar um ponto de atendimento da empresa e regularizar sua ligação, evitando problemas com a polícia e multas. A população pode denunciar sigilosamente as situações de fraude pelo 0800 0555 195.

FICA_EM_CASA_BAKA