Autorizado início das obras de requalificação do Horto Florestal de Camaçari

Foto: Kelvi Lima

Na noite desta quarta-feira (12), o prefeito Elinaldo Araújo (DEM) assinou ordem de serviço que autoriza o início das obras de requalificação do Horto Florestal. O investimento é de R$ 7.538.065,75, verba oriunda do financiamento com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

A autorização para a obra aconteceu em um dos acessos do Horto Florestal que, conforme anunciado na cerimônia, será transformado em um parque ecológico com diversos atrativos. O projeto prevê, além das melhorias na infraestrutura, a inclusão de equipamentos modernos que potencializarão, ao mesmo tempo, a funcionalidade do espaço enquanto opção de lazer e como fonte de aprendizado prático sobre ecologia e consciência ambiental.

-Publicidade-
-Publicidade-

“Não vai ser um simples horto, vai ser um parque, com 11 lugares para visitação. Essa obra fará com que a sede de Camaçari seja viva, atraia turistas, fará com que a região no entorno seja valorizada e a economia seja mais dinâmica. A requalificação do Horto Florestal está entre as grandes obras que irão transformar a nossa cidade”, frisou Elinaldo.

O serviço a ser iniciado é uma realização da Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), com acompanhamento e fiscalização da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). “Todo o bairro vai ser impactado positivamente pelo que será realizado aqui. Será muito mais do que um viveiro de mudas no centro da cidade. Os serviços serão ampliados, teremos um equipamento de lazer e de cultura, ambiente para práticas sociais e esportivas, e muito mais”, comentou o secretário da Sedur, Genival Seixas.

O projeto prevê a construção de novos ambientes como gazebos, espaços para família, quiosque, prédio administrativo, banheiros públicos, pavilhão ambiental, pavilhão infantil, pergolados, salas de controle, nova ala de viveiro, caminhos de passeios, nova iluminação, instalação de uma guarita na entrada principal e novo gradil na área lateral. O espaço receberá mudas de árvores. A proposta é ampliar as atividades que existiam, com a criação de ações que possibilitem à comunidade o aprendizado e o cuidado com a natureza, através da consciência ambiental.

“É uma obra que coloca Camaçari em outro patamar e que revitaliza completamente o meio ambiente da cidade. O horto é um pulmão verde dentro de Camaçari. São 42 mil metros quadrados de área completamente revitalizada. O prefeito teve a sensibilidade de realizar uma intervenção tão importante em um local que estava completamente marginalizado. Esta iniciativa vai mudar a cidade”, declarou a titular da Seinfra, Joselene Cardim.

Moradora do bairro da Gleba B desde a infância, a cozinheira Marilene Costa, 59 anos, se diz animada e esperançosa diante das projeções do novo horto. “Fico muito feliz e emocionada em saber que a Prefeitura vai dar a devida atenção a este espaço e que a sensação de insegurança que existe na minha vizinhança, por conta do estado de abandono deste lugar, vai ser transformada em sensação de orgulho”, contou.