Mais Agricultura: assinatura de contrato com 78 agricultores de Camaçari será na sexta-feira

Foto: Ascom/PMC

Nesta sexta-feira (21) 78 contratos de fornecimento com agricultores rurais serão firmados em Camaçari. O acordo é firmado pelo Programa Municipal de Aquisição de Alimentos Direto da Agricultura Familiar, o Mais Agricultura, promovido pela prefeitura.

A cerimônia de assinatura dos contratos será às 8h30, no auditório da Casa do Trabalho.

-Publicidade-
-Publicidade-

A ação é fruto da Chamada Pública nº 6/2019, para aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar. Do total de agricultores, 74 são produtoras rurais. De acordo com a Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca (Sedap) a escolha prioritária desse público serve como uma forma de reverenciar e fortalecer a força de trabalho da mulher do campo.

Após a assinatura dos contratos de fornecimento, o próximo passo é a compra dos alimentos, que deve acontecer até o início do mês de abril.  A previsão é de que no segundo semestre seja lançado um novo edital de chamada pública que irá beneficiar novos produtores rurais.

Mais Agricultura

O programa é uma iniciativa inédita no Estado da Bahia. A Lei 1.569/2018, que institui o Mais Agricultura, prevê a compra, com recursos próprios, da produção da agricultura familiar direto do produtor rural, que serão distribuídas às entidades socioassistenciais públicas e privadas.

Mais de 30 entidades serão beneficiadas pela distribuição dos alimentos. Entre elas: creches, abrigos e os centros de Referência de Assistência Social (Cras) e de Atenção Psicossocial (Caps), que cuidam de um público variado, como crianças, idosos, pessoas com deficiência e famílias em situação de vulnerabilidade social.

Os alimentos serão comprados pela Sedap e entregues ao Banco de Alimentos, órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes), pasta responsável pela distribuição juntamente com a Sedap. A expectativa é de que duas mil famílias sejam beneficiadas. O investimento deve ultrapassar R$ 1 milhão anualmente.