Censo Demográfico 2020: IBGE abre seleção com mais de 14 mil vagas na Bahia

Foto: Reprodução

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abre seleção aberta para 208.695 vagas de trabalho temporárias para realização do Censo Demográfico 2020, em todo Brasil. São dois editais.

Dessas vagas, 14.395 são para a Bahia. Há oportunidades em todos os 417 municípios do estado, sendo 2.977 em Salvador.

-Publicidade-
-Publicidade-

As inscrições para ambos os processos seletivos vão até o dia 24 de março. Elas devem ser realizadas exclusivamente pelo site da CEBRASPE, organizadora do processo seletivo (https://www.cebraspe.org.br/concursos/). Lá também é possível ver os editais completos.

Do total de vagas oferecidas na Bahia (14.395), 486 são para Agentes Censitários Municipais (ACM). Elas exigem ensino médio completo e oferecem remuneração mensal de R$ 2.100.

Outras 1.507 vagas são para Agentes Censitários Supervisores (ACS). Elas também exigem ensino médio completo e têm remuneração mensal de R$ 1.700.

As inscrições para concorrer a essas duas funções custam R$ 35,80. Para ambas, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Além dos agentes censitários municipais e supervisores também serão selecionados 12.402 recenseadores. A escolaridade exigida é o ensino fundamental completo, e a remuneração é por produção.

As inscrições para concorrer a uma vaga de recenseador custam R$ 23,61.

Como tradicionalmente ocorre nos Censos Demográficos, nos maiores municípios e em algumas áreas remotas, as inscrições para concorrer a vagas tanto de agentes censitários quanto de recenseadores são realizadas por área de trabalho.

Na Bahia, Salvador será o único município com inscrição por área de trabalho: serão 17 ao todo. É importante lembrar que ser morador da área não é de forma nenhuma uma exigência para se inscrever nela.

Provas

O processo seletivo consistirá de uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, que deve ser aplicada no dia 17 de maio. Haverá provas em todos os municípios com vagas disponíveis para a função.

Os aprovados devem ser contratados a partir de 15 de junho e vão trabalhar, em princípio, por um período de 5 meses, podendo haver prorrogação desse prazo se houver necessidade e recursos orçamentários.

Já os candidatos a recenseador farão uma prova objetiva, prevista para o dia 24 de maio. Haverá provas em todos os municípios baianos. De acordo com sua classificação e o número de vagas disponíveis, os candidatos passarão por um treinamento, em julho, que será eliminatório e classificatório. Somente serão contratados aqueles que forem aprovados nesse treinamento.

Os recenseadores começam a trabalhar em agosto, quando se inicia o Censo Demográfico 2020 em todo o Brasil. Eles deverão atuar, ao menos, pelos três meses de duração da coleta, visitando todos os domicílios do país, em busca das informações cruciais para traçar o mais amplo e detalhado retrato de quem somos, onde estamos e como vivemos.