Coronavírus: Embasa firma acordo com DPE-BA e suspende corte de água de usuários carentes

Foto: Reprodução

Os usuários de baixa renda do sistema de abastecimento de água em todo a Bahia não terão corte do serviço por falta de pagamento. A medida, adotada pela Embasa, é fruto da recomendação feita pela Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA), no último dia 16, e de Termo de Ajustamento de Conduta – TAC firmado entre a empresa e a Defensoria.

O prazo para suspensão do corte do serviço de abastecimento de água por falta de pagamento foi integralmente suspenso, sem prazo ainda definido. A Defensoria propôs que esta medida aconteça enquanto perdurar o estado de pandemia pela Covid-19.

-Publicidade-
-Publicidade-

“Quando fizemos o contato com a Embasa foi para proteger a população de maior vulnerabilidade socioeconômica, que será a mais afetada financeiramente pelas medidas de isolamento social para conter a propagação do Coronavírus”, ressalta a coordenadora da Especializada Cível e Fazenda Pública, defensora pública Ariana Sousa.

Atenta à manutenção deste serviço essencial, principalmente por a principal medida de prevenção à Covid-19 é a lavagem constante das mãos e maiores cuidados de higiene com a própria casa, a Defensoria Pública lançou um canal para que a população possa informar problemas de abastecimento. “Nosso intuito é mapear onde venha a ocorrer problemas e buscar a solução com a Embasa”, explica Ariana Sousa. A população pode passar as informações através de formulário disponível no site da Defensoria Pública (Clique AQUI)