Sedur diz que fiscalização no comércio de Camaçari tem sido educativa

O cumprimento das medidas temporárias estabelecidas pelo decreto de nº 7.317/2020, que determina a suspensão das atividades comerciais por 15 dias tem gerado várias polêmicas no município, dentre elas, está a falta de fiscalização.

A Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), por meio da Superintendência de Ordenamento e Fiscalização (SUOFIS), diz que tem atuado fiscalizando o comércio.

De acordo com a Sedur, a fiscalização tem ocorrido de maneira educativa, na perspectiva de dialogar com os comerciantes locais e conscientizá-los sobre a importância do cumprimento das medidas. Segundo o decreto, ficam apenas disponíveis para funcionamento, os serviços que são considerados essenciais, a exemplo das farmácias, supermercados, lojas materiais de construção, oficinas de automóveis e atendimento delivery, desde que adotem os cuidados para a higienização, como a disponibilização de álcool em gel e estabeleçam um limite do número de pessoas dentro do estabelecimento para evitar aglomerações.

Comfiaço,evento

O secretário da Sedur, Genival Seixas, reforçou que as normas precisam ser respeitadas em prol do bem-estar dos camaçarienses. “Nós, enquanto órgão fiscalizador, temos feito a nossa parte. Estamos atentos ao decreto vendo aquilo que é possível exercer na cidade de atividade econômica e fiscalizando aqueles comércios que podem realizar os serviços essenciais, desde que cumpram com as medidas de proteção para que possamos preservar a vida da população”, destacou o gestor.

O órgão ainda informa que, desde o início da operação, no dia 23 de março até nesta quarta-feira (1ª/04), foram efetuadas 111 diligências.

DENÚNCIA

O cidadão pode contribuir para a fiscalização, em caso do descumprimento poderá denunciar através dos contatos: 0800 284 6734, (71) 3621-6678/6742, no celular (71) 99984-7346 e até mesmo por meio do número (71) 98844-0582, contato do superintendente, que também atende através do WhatsApp. As denúncias podem ser feitas durante toda a semana, das 8h às 22h.

Redação Nossa Metrópole

Com-limpeza