Onze cidades concentram quase 90% dos casos do novo coronavírus na Bahia, diz Rui

O governador Rui Costa (PT) revelou em live realizada no final da manhã desta segunda-feira, 18, que 11 cidades concentram o maior número de casos do novo coronavírus em toda Bahia. “Nós estamos acompanhando a situação no estado. E temos quase 90% dos casos (Covid-19) concentrados em apenas 11 municípios. Eles concentram praticamente 90% de todos os casos que ocorreram até hoje no estado”, explicou o governador.

Rui Costa pontuou que o monitoramento também está sendo feito nas cidades que apresentam um crescimento acima da média estadual. “Estamos acompanhando, também, a média dos últimos cinco dias de cada cidade, de cada região, para que as medidas sejam seletivas e direcionadas para aquelas cidades que estão tendo um crescimento acima da média ou no ritmo muito acelerado”, acrescentou ele.

Publicidade
Publicidade

Rui afirmou também que assinar um novo decreto mantendo as medidas de isolamento social adotadas desde o mês de março Isso inclui a suspensão das aulas e do transporte intermunicipal em cidades onde ocorreu um aumento no número de casos do novo coronavírus.

“Toda a cidade que tiver, nos últimos 14 dias, casos confirmados nós suspenderemos o transporte e a comunicação com outra cidade. E isso foi uma medida que, desde o início, nós adotamos e que deu absoluto êxito. Outros estados brasileiros já chegam a quase 100%, 90% e 80% do total de municípios com casos confirmados e aumentando cotidianamente”, explica Costa

O governador avalia que a estratégia de suspender a comunicação entre município proporcionou uma concentração nos casos do Covid-19, o que, segundo o chefe do Executivo estadual, proporcionou uma flexibilização maior para os municípios que não tiveram casos da doença.

“A Bahia adotou a estratégia de suspender a comunicação entre os municípios e o nosso resultado, graças a Deus, tem sido das contaminações estarem ocorrendo de forma concentrada. Por isso que eu me referi às 11 cidades, contendo os 90% de todos os casos positivos. Com isso, nós podemos flexibilizar naquela cidade que não tem casos positivos desde o início ou naquelas que já estão há mais de 14 dias sem nenhum caso confirmado”, explicou Rui.

Fonte: A Tarde

Com-limpeza