Jovem de Camaçari estimula leitura através do compartilhamento de livros

Quem vai até Arembepe, distrito de Camaçari, pode encontrar duas minibibliotecas gratuitas, que foram inseridas há 3 anos, nas Praças das Amendoeiras e dos Coqueiros. As casinhas reúnem livros que podem ser acessados diariamente pela comunidade, além de estimular que outros títulos sejam compartilhados. Trata-se do Projeto Livres Livros, iniciativa que vem mudando o comportamento dos moradores da região. Implantada na comunidade através de uma parceria da ONG com a Cetrel, a iniciativa está dando bons frutos. Um exemplo disso é o do jovem Breno da Costa, de 19 anos, que, influenciado pelas casinhas de leitura, decidiu implantar um ponto fixo na comunidade do Emissário, há dois meses.

De acordo com Breno, a ideia surgiu, pois o local onde mora fica muito distante das minibibliotecas. “Antes, o acesso aos livros era nenhum. As pessoas só ficavam nos celulares, e ter um livro próximo de casa é muito bom para distrair, é uma coisa nova”, comenta. Atualmente, cerca de 15 livros já estão disponíveis para os moradores. “Várias pessoas estão pegando, as crianças lendo histórias em quadrinhos, está sendo muito bom”, complementa. De acordo com Raíssa Martins, fundadora do Projeto Livres Livros, a iniciativa de Breno, mesmo que pareça pequena, se espalha e o público nem percebe que é uma semente que vai florescendo. Para ela, a ideia do Projeto tem aderência ao discurso da Cetrel, empresa apoiadora. “É o compromisso com o futuro, com a educação. Só tenho a agradecer aos meninos que estão levando essa iniciativa aos bairros periféricos”, felicita.

Projeto Livres Livros

Livres Livros é um dos maiores projetos de incentivo à leitura no Brasil, de forma continuada em ambientes públicos, alcançando números muito expressivos. Já foram mais de 100 mil livros distribuídos gratuitamente, 56 pontos de leitura que estimulam e facilitam o acesso aos livros 24 horas ao dia, além das centenas de ações de sensibilização sobre a importância da leitura, desde palestras e atividades de arte-educação promovidas nas comunidades. Atualmente, os postos fixos estão espalhados nas cidades de Salvador, Camaçari, Mata de São João e Candeias, na Bahia, além do município de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo. Interessados em adotar um leitor, pode acessar o site www.livreslivros.com.br ou enviar e-mail para contato@livreslivros.com.br.

tramontina