Coronavírus: Bahia tem 27.396 casos confirmados e 846 mortes

A Bahia tem 27.396 casos confirmados de coronavírus (covid-19) neste sábado (6), o que representa 18,74% do total das notificações no estado. Os 27 óbitos contabilizados no boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) referem-se a um período de 16 dias. Ou seja, segundo a pasta, eles não ocorreram em 24 horas. De acordo com o Ministério da Saúde, entre quinta e sexta, a Bahia foi o 2º estado com mais novos casos de covid-19.

A Sesab informou ainda que, equivocadamente, 63 municípios registraram 216 casos como positivos nas bases de dados ministeriais, quando, na verdade, eram negativos. “Os dados foram contabilizados no boletim epidemiológico de sexta-feira (5) e a inconsistência foi identificada pela Vigilância Epidemiológica Estadual neste sábado (6), sendo corrigido no documento atual e comunicado o fato às prefeituras”, diz a Sesab.

Considerando o número de 27.396 casos confirmados, 11.829 recuperados e 846 óbitos, 14.721 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 3.947 profissionais da saúde foram confirmados para covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 337 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (58,21%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Itajuípe (7.369,09), Ipiaú (7.259,17), Uruçuca (6.579,27), Salvador (5.462,78) e Urandi (5.402,81).

O boletim epidemiológico registrou ainda 44.634 casos descartados e 146.161 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (6).

Taxa de ocupação
Na Bahia, dos 1.960 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.104 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 56%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 800 leitos exclusivos para o coronavírus, 543 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 68%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames
O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 63.246 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 6 de junho de 2020. Estão em análise 2.998 exames.

Clity