Quase metade das indústrias brasileiras suspendeu contratos ou reduziu salários

Com a crise em decorrência da pandemia do coronavírus, quase metade das indústrias do Brasil tiveram que reduzir salários de funcionários ou suspender contratos. O levantamento dos dados foi feito em uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria, que ouviu 1.017 empresários de indústrias brasileiras.

Do total, 47% das empresas tiveram que adotar a medida para sobreviver a crise, segundo informações divulgadas pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. Uma a cada quatro empresas do setor diminuiu cargas horárias dos funcionários, com consequente redução de vencimentos. Além disto, 8% adotaram apenas suspensão contratual.

Fonte – A Tarde

Clity