Grandes e pequenos juntos na luta pela flexibilização do funcionamento do comércio de Camaçari

Seguindo o tradicional ditado: juntos somos mais fortes, pequenas e grandes empresas se uniram na manhã desta quinta – feira (18), em Camaçari, num protesto que visa restabelecer o funcionamento do comércio local. O movimento, “Luto pelo Comércio de Camaçari”, reuniu micros e grandes empresas.

Nas portas das lojas, foram expostas faixas com o número de famílias que ainda dependem dos negócios. A proposta dos comerciantes, é o retorno das atividades com às devidas restrições e medidas necessárias para o combate da Covid – 19. “Estamos tomando às medidas necessárias para a segurança de todos nas lojas e, do outro lado, vemos às ruas  lotadas, então não tem lógica” , afirma Amaizo Souza, comerciante de Camaçari.

Grandes redes como Le Biscuit, Loja Santo Antônio, Cattan, Borges Calçados, Lojas Planeta, dentre outras, aderiram ao movimento. “Temos 180 pais e mães de famílias empregadas hoje e, já está sendo insuportável evitar demissões. Não queremos cooperar para recessão econômica em massa do município. Sabemos que o momento é delicado. Por isso, queremos funcionar de maneira adequada, com a aplicação de todas medidas que a situação exige”, ressalta João Paulo Rabelo, representante das Lojas Planeta.

 

Redação Nossa Metrópole

Clity