Renato Feder desiste de assumir Ministério da Educação

Em depoimento nas redes sociais na tarde deste domingo, 5, o secretário de Educação do Paraná anunciou que não assumirá o comando do Ministério da Educação (MEC), o qual foi convidado, por telefone, na última quinta-feira, 2, pelo presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com Feder, o convite é um reconhecimento do trabalho bem feio no estado paranaense. “Muito honrado com o convite, que coroa ou bom trabalho feito por 90 mil profissionais da Educação do Paraná”, diz trecho da nota.

-Publicidade-
-Publicidade-

A desistência do secretário ocorre após grande repercussão negativa de ala interna do governo que desaprovou a escolha do presidente.

Fonte: A Tarde

-Publicidade-
-Publicidade-