Apresentadora relata constrangimento após ‘piada’ de Bruno, que diz: Não sei o que fiz’

Flavia Viana se pronunciou pela primeira vez após apresentar uma polêmica live da dupla Bruno e Marrone. Ela revelou ter ficado constrangida após Bruno, que estava bebendo em uma xícara, perguntar: “Você está grávida? Então cheguei tarde!”.

Flavia, visivelmente constrangida, respondeu que não poderia beber após Bruno oferecer a bebida para ela. Então, o sertanejo perguntou de quantos meses ela está e em seguida questionou sobre a paternidade do bebê. “Você conhece o marido, o pai do menino?, perguntou. “Que é isso, menino? Para com isso! O que tem nesse chá que você está tomando?”, disse a apresentadora. “Mas é normal isso, não conhecer. Não no seu caso…”

-Publicidade-
-Publicidade-

Em seguida, Bruno perguntou se ela tinha mais filhos e Flavia lembrou o cantor que ela é mãe de Sabrina, de 17. “Então é outro pai?”, insistiu o sertanejo, rindo. Constrangida, ela mudou de assunto e pediu que ele interagisse com o público assistindo a live.

Neste domingo (5), nas redes sociais, Flavia comentou a situação, que virou assunto na internet. “Sim, foi desconfortável, sim, fiquei constrangida, sim, conheço o pai do meu filho, não, não precisei fazer 15 DNAs para saber quem é o pai, sim, tenho uma filha incrível — de pai diferente — e se querem abordar esse assunto, que seja sem piada, porque não é piada”, declarou ela.

Ela também citou um momento em que Bruno tentou ficar atrás dela, sugerindo, na interpretação da apresentadora, uma brincadeira de cunho sexual. “Certos tipos de brincadeiras não são engraçadas, ‘meninos’. E a bebida não justifica”, afirmou.

Na tarde deste domingo, o cantor se pronunciou sobre o ocorrido e pediu desculpas. “A gente não pode falar nada, brincar nada, que as pessoas interpretam pro outro lado, só veem o lado negativo. Eu não falei nada, só brinquei com ela. Desculpa, Flavinha, eu não queria magoar você não, nem sua família ou seu filho. Eu também tenho um filho, de 25 anos, que é o primeiro filho meu, de outra mãe, que eu amo demais, respeito todo mundo. Não fiz de maldade não, tá bom? Era uma brincadeira ali só. Ia te oferecer um chá lá, mas sem maldade. Flavinha, eu tô aqui e nem sei o que eu fiz. Se eu ofendi foi totalmente sem querer e se errei eu peço desculpas”.

Fonte: Correio

-Publicidade-
-Publicidade-