Durante toque de recolher delivery de alimentos poderá funcionar até 23h59 em Camaçari

Desde às 00h deste domingo (5) um novo decreto restringe a circulação e permanência de pessoas e veículos em vias, locais e praças públicas em Camaçari e nos demais municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS) das 18h às 5h da manhã.

A medida, adotada pelo Governo do Estado, visa conter o avanço da contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19) nestas cidades.  Camaçari já está próximo dos 2 mil casos confirmados da doença, contabilizando mais de 40 óbitos.

-Publicidade-
-Publicidade-

O toque de recolher na RMS será válido até o dia 12 de julho, próximo domingo. Neste período, fica permitido o funcionamento apenas dos serviços essenciais e os mercados funcionarão até às 17h em todos os municípios: Camaçari, Candeias, Conde, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé e Simões Filho.

Após este horário, será permitido o funcionamento apenas dos serviços essenciais, principalmente as atividades ligadas ao enfrentamento da Covid-19, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.

Em Camaçari, o decreto nº 7368, publicado pela prefeitura, libera o serviço de delivery de alimentos até às 23h59, com a tolerância de uma hora para o deslocamento para o retorno dos trabalhadores para seus domicílios.

A exceção também fica por conta do descolamento em situação de emergência, a exemplo da necessidade de acesso a serviços essenciais de saúde e farmácia, bem como àqueles que tenham a necessidade de saírem para o trabalho ou retornarem deste.

-Publicidade-
-Publicidade-