Rejeitada por Santo Amaro, Elinaldo tenta negociar implantação da Orbi Química em Camaçari

O prefeito Elinaldo Araújo (DEM) manifestou interesse na implantação da Orbi Química em Camaçari. Em e-mail encaminhado pelo democrata na noite desta segunda-feira (27) ao diretor-geral da empresa, Rogério Seabra, é solicitada uma reunião para mostrar as “vantagens do nosso município para receber uma indústria do porte da Orbi Química”.

A Orbi Química, empresa que fabrica produtos químicos para linha de manutenção e conservação automotiva e construção civil, seria instalada inicialmente em Santo Amaro, no Recôncavo Baiano, mas em votação na Câmara Municipal na segunda-feira vereadores reprovaram a vinda da indústria para a cidade.

-Publicidade-
-Publicidade-

A prefeitura defendia a implantação da empresa em um terreno de posse da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), mas a intenção gerou críticas, como o posicionamento do cantor e compositor Caetano Veloso, natural de Santo Amaro, que alertou quanto aos riscos de contaminação da fábrica.

Elinaldo afirma no e-mail que Camaçari possui “extensas áreas disponíveis” para implantação de novos empreendimentos e galpões para uso imediato como instalação provisória de eventuais projetos.

Além de sinalizar como atrativo a possibilidade de “generosos incentivos fiscais” e adoção de medidas para agilizar o licenciamento da obra, Elinaldo destacou a proximidade com Salvador e o amplo polo automotivo já instalado na cidade, que possui empresas como Ford, Bridgestone e Continental.

“Camaçari tem um polo automotivo de ponta e certamente tem condições de oferecer a infraestrutura adequada para a instalação da Orbi Química. Neste momento em que pessoas estão perdendo empregos e estabelecimentos estão fechando as portas por causa das dificuldades financeiras, atrair investimentos é fundamental para gerar emprego e renda”, afirmou.

A Orbi Química é uma empresa 100% nacional, com sede em São Paulo. A empresa iniciou suas atividades em 2006.

-Publicidade-
-Publicidade-