Novo tremor de terra volta a atingir cidades do Recôncavo Baiano

Um novo tremor de terra foi sentido por moradores de algumas cidades do Recôncavo Baiano, principalmente em Amargosa, Brejões e Elísio Machado, na madrugada desta segunda-feira (31). Desta vez o terremoto teve magnitude 3,5 na escala.

O fenômeno ocorreu menos de 24 horas depois de moradores da região terem relatado tremores neste domingo (30), que chegou a atingir 4,6 na escala Richter. (saiba mais)

A Prefeitura de Amargosa identificou rachaduras em pelo menos seis casas e na igreja da cidade e afirma que os impactos foram sentidos em maior intensidade na zona rural. Conforme o governo municipal, os danos foram, principalmente, no distrito de Corta Mão, que fica entre Amargosa e São Miguel das Matas.

Até o momento não há mais detalhes sobre a magnitude do novo terremoto.

Histórico

Além dos tremores deste final de semana, há cerca de 10 dias, a cidade de Cachoeira, também no Recôncavo, foi atingida pelo mesmo fenômeno. O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo detectou que o terremoto aconteceu na cidade de São Félix, vizinha ao município, e teve magnitude de 1,6.

Ainda este ano, no mês de julho, Ilhéus registrou um terremoto de magnitude 3,5. O tremor foi monitorado Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).