Presa dupla acusada de matar motorista de aplicativo em Simões Filho

Operação policial conjunta, envolvendo agentes do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) e da 22ª Delegacia Territorial (DT), de Simões Filho, nesta terça-feira (1), resultou na prisão de dois acusados de serem autores do crime de latrocínio, roubo seguido de morte, de um motorista de aplicativo.

Informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA) dão conta de que a dupla teve o mandado de prisão cumprido na localidade de Bate Coração, em Paripe.

-Publicidade-
-Publicidade-

Leandro Staduto Vinhas foi morto em abril deste ano, em Simões Filho. De acordo com o titular da 22ª DT, delegado Leandro Acácio, os acusados pediram uma corrida no bairro de São Cristóvão. “Eles renderam a vítima e a obrigaram a ir até a rotatória de Mapele, onde tomaram seus pertences e em seguida atiraram nele pelas costas”, detalhou.

Segundo o delegado Arthur Guimarães, da Coordenação da RMS, do Depom, o veículo da vítima foi recuperado ainda no início das investigações. “O carro foi recuperado menos de uma semana após o crime. Na ação de hoje, também apreendemos aparelhos celulares, outros objetos relacionados ao fato, além de uma porção de maconha”, pontuou.

A dupla passará por exames de lesões corporais e ficará presa, como afirma a SSP-BA. Os materiais apreendidos serão periciados. As investigações continuam, com o objetivo de identificar outros possíveis envolvidos.

A diretora do Depom, delegada Fernanda Porfírio, destaca que a operação integra uma série de ações de combate a crimes na RMS. “Estamos intensificando as elucidações e prisões, principalmente em casos mais sensíveis como este”, completou.

A identidade dos acusados não foi informada.