Academias: 73% dos frequentadores de Camaçari ainda não se adaptaram ao uso de máscara durante exercícios, revela enquete

As academias e espaços de atividades físicas coletivas e individuais reabriram no dia 11 de agosto em Camaçari, como autorizou o decreto municipal nº 7.380/2020, na implantação da Fase II do Plano Estratégico de Reabertura Parcial das Atividades Econômicas.

Porém, para que estes ambientes funcionem de maneira segura e evitem a disseminação do novo coronavírus (covid-19) é necessário seguir algumas diretrizes, entre elas o uso obrigatório de máscara entre frequentadores e funcionários.

Enquete realizada pela Revista Nossa Metrópole revela que 73% das pessoas que frequentam academias não se adaptaram ao uso de máscara durante a prática de atividade física.

A administradora Clarisse França, 33 anos, está entre essas pessoas. “Eu ainda não voltei para a academia, justamente, por ainda não conseguir me adaptar a praticar atividade fazendo uso da máscara. Portanto, tenho realizado em casa ou ao ar livre”, conta.

Além das máscaras, as academias e espaços afins também devem limitar a quantidade de clientes que entram nos locais, sendo permitido a ocupação simultânea de um cliente a cada 4 m² nas áreas de treino; exigir que sejam atendidos apenas clientes previamente agendados; manter portas e janelas abertas em tempo integral; posicionar kits de limpeza em pontos estratégicos das áreas com equipamentos, contendo toalhas de papel e produtos específicos de higienização para que os clientes possam usar nos equipamentos de treino; entre outros.

Outras especificações podem ser vistas clicando aqui.