Camaçari 262 anos – município celebra aniversário e busca novos investidores

A cidade que abriga o maior complexo industrial do Hemisfério Sul não escapou dos impactos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus, que chegou ao Brasil em fevereiro de 2020.

Mas, o que fazer para virar o jogo e retomar o aquecimento da economia? Questionada sobre o assunto, a Prefeitura de Camaçari diz que está focada em atrair novas empresas para a cidade e, para isso, protagoniza uma grande campanha de incentivo à instalação de novos negócios. Atualmente, com mais de 90 empresas de diferentes ramos da atividade industrial, química, petroquímica, celulose solúvel, metalurgia do cobre, têxtil, fertilizantes, energia eólica, fármacos, bebidas e serviços, o polo representa para o município um embrião em constante desenvolvimento, com capacidade para dar origem a importantes investimentos nacionais e, até, internacionais.

Segundo informações da gestão municipal, a campanha de atração de novos investimentos para o município destaca vários benefícios como o convite para as empresas que querem expandir os seus negócios aqui. Um site institucional foi lançado para dar suporte à campanha. Lá, está uma série de informações de relevância sobre os benefícios de ter empresa em Camaçari. O site pode ser acessado através do endereço www.invistaemcamacari.com.br.

A própria infraestrutura do polo industrial da cidade é um ponto a ser levado em consideração no processo de decisão. Acesso à água, energia, estação de tratamento de resíduos, mão de obra qualificada, portos e aeroportos e incentivos fiscais, são alguns dos atrativos considerados importantes pré-requisitos para a instalação de uma empresa.

“Estamos preparados para a retomada da economia e entendemos que esse é o momento de sermos parceiros dos investidores que têm interesse em vir para Camaçari. Da nossa parte, faremos o que for necessário para tornar viável

a chegada de novos negócios para o polo industrial, pelo bem da nossa economia e da população que busca novas oportunidades no mercado de trabalho”, diz o prefeito Elinaldo, em entrevista à nossa reportagem.

A localização de Camaçari é um ponto forte no sucesso dos negócios, por estar próximo de rodovias, como a BR-324, do aeroporto internacional, no município de Lauro de Freitas, além dos dois principais portos do país: Porto de Salvador, na região da Cidade Baixa, na capital; Porto de Aratu, situado no município de Candeias, ambos operados pela Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba). O polo industrial também está a poucos quilômetros do Senai Cimatec Park, um espaço criado para o desenvolvimento de pesquisas e experimentos, com infraestrutura para atender demandas nas áreas de automação, conformação e união de materiais, mineração, química, fármacos, biotecnologia e construção civil.

OS RESULTADOS COMEÇAM A APARECER

Recentemente, a Orbi Química, empresa nacional com sede na cidade de Leme (SP), aceitou a proposta para se instalar no complexo industrial de Camaçari. O convite foi feito pelo próprio prefeito Elinaldo, após a Câmara Municipal de Santo Amaro rejeitar a implantação da unidade da Orbi. O processo de implantação da unidade terá duas fases e, com isso, a produção já deve ser iniciada no mês de agosto. A Orbi irá se instalar de forma provisória em um galpão para já iniciar a produção na primeira fase de implantação. Em um segundo momento, a empresa irá buscar um terreno para a construção definitiva da fábrica. A prefeitura está intermediando todo o processo de instalação da fábrica. As tratativas entre a área técnica da administração municipal e o diretor operacional da empresa no Nordeste, Claudinei Marques, responsável pela instalação da fábrica na Bahia, estão bem adiantadas, segundo a prefeitura.

NOVAS EXPECTATIVAS

A reativação da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen) também promete impulsionar a economia local e gerar novas oportunidades de emprego. A expectativa é que a unidade, que foi arrendada à Proquigel Química, pelo período de 10 anos, gere pelo menos, 1.500 empregos diretos e indiretos. O prefeito Elinaldo Araújo se mostrou otimista quanto ao andamento dos procedimentos para reativação da unidade fabril em Camaçari, sobretudo, pelos impactos sociais e econômicos que a consolidação desta iniciativa representa. “Camaçari está à disposição para contribuir no que for possível, para que as coisas fluam com maior agilidade. A parceria entre a União, o governo do estado, a iniciativa privada e o município é extremamente importante para o desenvolvimento da economia”, declarou o gestor.