Moradores do Residencial Lucaia que apresenta problemas na estrutura recebem auxílio aluguel

A Prefeitura de Camaçari, através das Secretarias da Habitação (Sehab), do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes) e do Desenvolvimento urbano e Meio Ambiente (Sedur), tem acompanhado a situação dos moradores do bloco 19, do Residencial Lucaia, localizado no Ponto Certo. A unidade apresenta problemas estruturais, o que causa insegurança às famílias que residem no prédio.

A Caixa foi acionada e um engenheiro esteve no local para realização de uma vistoria técnica. No bloco onde existe o problema moram 17 famílias, que estão obrigadas a deixar os imóveis por conta dos riscos que as falhas na estrutura representam.

-Publicidade-
-Publicidade-

Enquanto a instituição financeira não se posiciona, a prefeitura disponibilizou auxílio aluguel para os moradores do bloco. “Estamos empenhados, enquanto gestão, em auxiliar essas famílias. Entendemos que o problema não é nosso, e sim da Caixa Econômica e da construtora responsável pela obra do imóvel. No entanto, garantimos o auxílio aluguel até que o serviço do prédio seja feito e que eles possam retornar a residir de maneira segura”, explicou a secretária da Sedes, Andréa Montenegro.

A moradora do prédio, Lucijane dos Santos, diz que o apoio da gestão foi importante. “Nesse momento em que a gente precisa, a prefeitura chegou junto. Fez as visitas, ouviu as nossas demandas e nos ajudou. Exerceu um papel fundamental desde o começo do problema, quando entramos em contato com eles”, disse ao agradecer.

De acordo com a secretária da Habitação, Vivian Angelim, a pasta ficará responsável pelo acompanhamento de todo o processo. “Estamos acompanhando o caso para garantir que tudo seja feito com cautela e qualidade. Não iremos descansar até que a situação seja solucionada. A nossa equipe jurídica tem se dedicado a cobrar da Caixa e da construtora responsável pela obra, a solução do problema”, disse a gestora da pasta.

Ascom/ PMC