Brasil registrará o maior número de empreendedores de sua história

Em 2020, o Brasil se aproxima do dia em que será registrado o maior número de empreendedores da história do país. No período de janeiro à setembro, o número de microempreendedores individuais (MEIs) cresceu 14,5% em comparação com o mesmo período de 2019 de acordo com dados da Agência Brasil, atingindo 10,9 milhões de registros.

Os brasileiros vêm optando pelo empreendedorismo não necessariamente por vocação, mas como uma alternativa de renda, uma vez que muitos trabalhadores sofreram com desligamentos após o início da pandemia de coronavírus.

-Publicidade-
-Publicidade-

O setor em questão, juntamente com as micro e pequenas empresas, representam 30% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Mesmo diante do cenário de incerteza, a escolha pelo empreendedorismo vêm dando oportunidade de aumento de ganhos para muitas famílias.

Levantamentos feitos pelo Sebrae apontam para o impacto das vendas online nos resultados de pequenos empreendimentos: implementar a inovação digital e migrar rotinas para o ambiente online foi fundamental para os negócios de diversos trabalhadores e as vendas continuam em alta para aqueles que utilizam aplicativos, redes sociais e internet como canal de oferta e distribuição de seus produtos e serviços.

“Estar presente em canais de venda digital é praticamente imperativo para milhares de pequenos empreendedores Brasil afora”, comenta Thomas Carlsen, COO e co-fundador da mywork, startup perita em controle de ponto online nas empresas e gestão de rotinas de Departamento Pessoal. “Dentro da mywork, já tínhamos a vantagem de ser uma solução online e permitir que potenciais clientes nos contratassem através da internet. Agora, a constante atualização e melhoria dos processos no ambiente digital é o foco para qualquer negócio que quer crescer, mesmo com a pandemia”, conta o executivo.

Estudos da Neotrust/Compre&Confie indicam que as empresas que atuam com e-commerce tendem a obter bons resultados em seus negócios. De acordo com as pesquisas comparativas ao mesmo período de 2019, as vendas de PMEs tiveram um aumento de 118% em seu faturamento entre fevereiro e agosto em 2020.