Dia das Crianças terá praias e parques fechados em Salvador; shoppings funcionam

Dia das Crianças combina com diversão. Mas, esse ano, os pais vão ter que inovar e buscar outras alternativas para promover um dia animado para os pequenos. É que conforme decreto, neste feriado, que será comemorado na segunda-feira (12), alguns espaços públicos que costumavam atrair muita gente estarão fechados, como parques públicos e praias.

Também muito procurados na data, os shoppings estarão abertos das 11h às 21h no dia do feriado. Os protocolos de segurança seguem mantidos: uso de máscara e álcool gel, capacidade máxima de uma pessoa a cada nove metros quadrados em áreas comuns e de uma a cada cinco metros quadrados de área em cada loja.

-Publicidade-
-Publicidade-

Na hora de comprar brinquedos e presentes infantis, é necessário ter muito cuidado. Em tempos de pandemia, o recomendado é manter o distanciamento social nas áreas de circulação, inclusive nas escadas rolantes, e evitar tocar nos objetos. Se for necessário, a indicação é higienizar as mãos antes e depois de escolher o brinquedo.

Quem prefere comprar os presentes nas grandes lojas de rua (que possuem acima de 200 metros quadrados de área), precisa ficar atento. O horário de funcionamento será um pouco mais cedo, das 10h às 20h. Além disso, a capacidade máxima de ocupação nessas lojas é de uma pessoa a cada nove metros quadrados de área total.

A má notícia para os pais é que esse ano o coronavírus também espantou as promoções. É que nenhum estabelecimento comercial, seja shopping ou comércio local de rua, pode realizar eventos promocionais presenciais que gerem aglomeração.

Aqueles que preferem se divertir levando os pequenos para um almoço em família, também precisam se atentar às novas regras. Os restaurantes funcionarão das 12h até meia-noite e devem seguir os protocolos de segurança, com afastamento entre as mesas, higienização dos espaços após a saída de cada consumidor e uso de máscaras, exceto durante as refeições.

No feriado, 10 equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) farão fiscalizações. Em caso de irregularidade, a população pode denunciar ligando para o 160.

Desde o início da retomada das atividades econômicas em Salvador, do dia 24 de julho, até a quarta (07), a Sedur fez 38.624 vistorias. Nesse período foram interditados 275 espaços, com sete cassações de alvará.

Fonte – Correio