Cantor Vavá fala sobre vício em álcool, depressão e saída da banda Karametade

O cantor Vavá, ex-Karametade, tem vivido dias difíceis nessa pandemia. Preso em casa, ele aumentou o seu consumo de álcool e chegou a entrar em depressão.

Em entrevista ao programa Domingo Espetacular, o artista contou que perdeu o controle da situação e procurou ajuda psiquiátrica. “Passei por um psiquiatra, não era nem psicólogo, era psiquiatra. Conversei muito com ele. Chegou um momento de até me entregar ao álcool assim, sem parar, não tinha vontade de comer, mas tinha vontade de beber”, conta ele.

-Publicidade-
-Publicidade-

Vavá emagreceu, ficou abatido e não encontrou força para reagir. Ele conta que chegou a pedir ajuda para a esposa. “Eu emagreci, entrei numa depressão muito grande, de ligar pra minha esposa e falar: ‘Não estou legal, o que eu faço, não estou legal’, diz o cantor.

Galã da banda de pagode Karametade, nos anos 1990, ele também relembrou o momento que deixou o grupo. ‘’Depois algumas coisas que foram acontecendo, não ganhava mais do que ninguém, e eu trabalhava mais que todo mundo”, relembra.