Relatório aponta causas para acidente que matou Gabriel Diniz

Divulgado nesta quinta-feira, 29, o relatório do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) apontou os principais motivos que levaram a queda do avião que vitimou o cantor Gabriel Diniz e dois pilotos, em maio de 2019.

Segundo o estudo da Força Aérea Brasileira (Fab), as condições meteorológicas adversas, altitude, e a indisciplina do voo foram fatores fundamentais para o acidente. Além do artista, de 28 anos, morreram no acidente os pilotos Linaldo Xavier e Abraão Farias.

Ainda conforme o documento, os pilotos não avaliaram corretamente as atitudes tomadas durante o voo da aeronave Piper Cherokee PT-KLO, fabricada em 1974, e sem certificação para voar sob as Regras de Voo por Instrumentos (IFR).

Acidente

A aeronave, com o artista e os dois tripulantes, caiu no povoado Porto do Mato, no município de Estância, em Sergipe, no dia 27 de maio de 2019.

“Não considerar os procedimentos previstos para se manter em condições de voo visuais concorreu para a exposição da aeronave a elevado risco de acidente”, diz um trecho da decisão.

Fonte: A Tarde