Elinaldo sai na frente em ações de combate ao coronavírus

Não é segredo o esforço e trabalho do prefeito Elinaldo (DEM) no enfretamento à covid-19. Na edição do Programa Prefeito do Povo, veiculada na noite desta sexta-feira (6/11),  o candidato à reeleição, relembrou  para o público todo o seu empenho para que o município estivesse preparado para o combate ao coronavírus.

Camaçari saiu na frente, tem publicado decretos e seguiu todas as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), como explicou o democrata. “Fizemos o Centro Intensivo com dez leitos de UTI, cinco de Semi UTI e seis de observação. Criamos o Centro Intermediário com 21 leitos clínicos, e ainda assim, contratei mais 10 leitos de UTI exclusivos do hospital Santa Helena”, citou.

-Publicidade-
-Publicidade-

O município foi o único da Região Metropolitana de Salvador a disponibilizar leitos de Unidades de Terapia Intensiva com recursos próprios.
“Montamos bases de sintomáticos na sede e na Costa, além de uma Centro de Enfrentamento, em Monte Gordo, para atender a população. Criamos um call center para dúvidas e orientações sobre o vírus, distribuímos duzentas e cinquenta mil máscaras, compramos testes rápidos”, relembrou.

Elinaldo reconheceu as dificuldades enfrentadas neste período, mas agiu com rapidez para amenizar os impactos e por conta disso ganhou destaque em toda Bahia. “Eu criei a União dos Prefeitos da Região para buscar soluções em conjunto. Chamamos atenção do governador e juntos organizamos a retomada do comércio e os protocolos sanitários. O comércio voltou e estamos vivendo o novo normal, todo mundo teve que se adaptar”, concluiu.

O trabalho social durante a pandemia foi atuante. Vales merendas estão sendo distribuídos desde abril, sendo trinta e cinco mil vales a cada mês. O Programa Mão Amiga foi reforçado através dos seus benefícios para apoiar a população carente, além da entrega de vales cestas.

Nesta que é a 11ª edição do programa político, pessoas assistidas nos Centros de atendimento fizeram questão de participar do programa político e contar a experiência vivida durante o internamento.

Dona Rosália Ribeiro é só gratidão. “No Centro Intensivo é diferente. A partir do momento que você chega você já é tratada com um diferencial. É muito carinho, muita atenção de todos. Eu falo do médicos, dos enfermeiros, dos técnicos e das pessoas que fazem a higiene”.

Mais uma vez, a edição contou com a participação em massa do público que a todo momento curtiam e comentavam durante a apresentação.