Anvisa envia ao STF informações sobre andamento de vacinas contra a Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) envia ao Supremo Tribunal Federal (STF) informações sobre os estudos e o estágio de aprovação das vacinas contra a covid-19. Os dados foram enviados nesta quarta-feira, 11, após o ministro Ricardo Lewandowski estipular um prazo de 48 horas para a agência.

A medida foi provocada pela decisão da Anvisa em suspender estudos clínicos da vacina Coronavac, uma das que estão em estudo contra o coronavírus.

A Anvisa disse, no ofício, que as quatro vacinas que tiveram a autorização para serem desenvolvidas no país estão na fase clínica. As vacinas do laboratório AstraZeneca – em parceria com a Universidade de Oxford – a Coronavac e os compostos dos laboratórios Pfizer e Janssen (Johnson & Johnson) estão sendo testados.

Em relação à suspensão das pesquisas da Coronavac, a Anvisa disse que demais vacinas que também mostraram eventos adversos receberam o mesmo tratamento de “forma isonômica e imparcial”.

A Anvisa informou ainda que autorizou a retomada dos estudos da Coronavac.

Fonte – A Tarde