Felipe Prior comete crime eleitoral ao postar stories do voto

Neste domingo, 15, Felipe Prior gravou o seu voto nas eleições municipais da capital paulista, e publicou nos stories. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não permite fotos ou vídeos das urnas, pois é considerado crime eleitoral.

Momentos depois de ter postado os stories, Prior apagou a publicação na qual mostrava em que iria votar.

Essa não é a única confusão do Ex-BBB. Essa semana, viralizou um vídeo em que ele, Victor Padula e Flávio Nakagima saem no soco em um bar em Ilhabela, São Paulo, no final de outubro deste ano. Felipe confirmou que era ele mesmo, mas que estava tentando apartar a confusão.

Fonte: Gente