Trânsito será modificado durante içamento de vigas do Viaduto do Trabalhador em dezembro. Confira novas rotas!

Está prevista para os dias 19 e 20, penúltimo final de semana do mês de dezembro, a execução da segunda etapa do içamento das vigas centrais que irão completar a laje para as duas novas faixas superiores do Viaduto do Trabalhador. Por se tratar de um procedimento que requer utilização de maquinário de grande porte e isolamento da área central e periférica, o tráfego de veículos e pedestres sob o viaduto estará impossibilitado das 6h às 8h e das 11h às 15h nestas datas, períodos nos quais ocorrerá a operação de instalação das vigas pré-moldadas.

Para garantir a segurança dos usuários do trânsito e ordenar o fluxo na região, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT), definiu rotas alternativas para assegurar a trafegabilidade e os acessos às regiões que têm o equipamento como rota mais comum. O planejamento para a definição das vias alternativas foi traçado em reunião que contou com a presença de representantes da Concessionária Bahia Norte, da Construtora Celi, da empresa Thais Arleo Montagem e Ibéria, e de prepostos da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra).

Além da impossibilidade de transitar sob o viaduto nos horários acima citados, também haverá bloqueio temporário de uma das faixas da Via Parafuso (BA-535), no sentido Polo Industrial – Salvador, das 9h às 11h e das 15h às 16h, para o estacionamento das carretas e movimento das máquinas, podendo, em caráter excepcional, chegar à intervenção total das faixas de tráfego em determinados momentos, se necessário for.

Rotas Alternativas – A orientação geral é que os motoristas evitem transitar nas proximidades da obra de duplicação do Viaduto do Trabalhador nestas datas e horários. Caso se faça necessário, há rotas alternativas que permitirão aos condutores o acesso aos destinos localizados nas quatro direções que cruzam o equipamento. É importante acrescentar que todas as vias de acesso às faixas superiores do viaduto também estarão interditadas e que, no complexo viário, as únicas opções disponíveis serão os quatro ramos que ladeiam o canteiro de obras: Via Parafuso – Hospital Geral de Camaçari (HGC)/Jardim Limoeiro; Polo Industrial – Avenida Jorge Amado; HGC – Polo Industrial; e Av. Jorge Amado – Salvador. Através dos retornos existentes nestas vias, o condutor tem a opção de acessar o ramo seguinte e chegar ao destino desejado.

Também é importante destacar a existência de vias que, a depender do destino do condutor, dispensa-o da necessidade de utilizar os ramos do Viaduto do Trabalhador, evitando que se aproxime da área da obra. Quem vem da Av. Jorge Amado com destino a Salvador também tem como opção a Av. Industrial Urbana e a Av. dos Camassarys, por exemplo. A BA-531 (Via Cascalheira) e a Av. Dilson Magalhães também ampliam as possibilidades de rotas para evitar a aproximação do local do içamento.