Focos de incêndio são controlados na Via Cascalheira, em Camaçari

Um novo foco de incêndio ocorreu no início da tarde deste domingo (3/1), na Via Cascalheira (BA-531), em Machadinho. Equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros atuaram no local para apagar o fogo, que foi totalmente contido. Pela manhã, um outro ponto da rodovia foi atendido pelo órgão municipal, que conseguiu controlar a situação. Esse último, ocorreu em área antes do bambuzal, perímetro atingido no sábado (2/1), ocasião em que teve o fogo contido de forma conjunta, com apoio da brigada do Corpo de Bombeiros.

Por conta do período com altas temperaturas e muitas vezes pelo descarte inadequado de resíduos nas vias e em áreas de vegetação, os incêndios são gerados. “É muito importante a parceria da população nesse processo, para evitar situações que coloquem dezenas de pessoas em risco”, pontuou o coordenador da Defesa Civil, Ivanaldo Soares, ao lembrar que também no sábado, pela noite, na rotatória da Ford, sentido Dias d’Ávila, mais uma vez com apoio do Corpo de Bombeiros e de profissionais que dão suporte ao Polo, o fogo foi controlado.

-Publicidade-
-Publicidade-

“Peço que as pessoas evitem fazer vídeos que gerem pânico na sociedade, o mais importante é acionar os órgão competentes. O incêndio na região ocorre todos os anos e sua proporção não representou riscos graves à população, como foi dito no vídeo disseminado nas redes sociais”, esclareceu o gestor da Defesa Civil.

No primeiro dia do ano também houve registro de incêndio, dessa vez na região de Guarajuba, próximo a Genipabu, que foi devidamente contido pelos agentes do órgão. O coordenador da Defesa Civil, Ivanaldo Soares, explica que para debelar o fogo os profissionais utilizam bombas costais com 25 litros de água, que é expelida através de jato para resfriar e abaixar as chamas, enquanto uma outra equipe vem com o abafador, um equipamento manual com cabo longo com uma chapa de borracha com perfurações para bater no fogo e tirar o oxigênio para apagar o fogo, e na sequência as bombas tornam a resfriar os locais.

O gestor disse que trabalham ainda fazendo aceiros com enxadas, que é o desbaste em volta da área atingida, provocando a descontinuidade de material vegetal para evitar que o fogo tenha como se propagar. Em alguns casos, com o Corpo de Bombeiros, usa-se também a mangueira de carro-pipa para jetear água, geralmente quando os incêndios são graves ou de grandes proporções, e quando há acesso para os caminhões. “Mas a maioria das vezes o serviço é feito de forma manual”, finaliza Ivanaldo.

Para comunicar situações de emergência, os cidadãos podem acionar a Defesa Civil através do telefone 199, ou por meio do número fixo (71) 3622-7755.