Advogado de defesa diz que Henri Castelli foi o responsável por começar briga em Alagoas

Lucas Doria, representante legal dos dois homens que se envolveram em uma confusão com o ator Henri Castelli em Alagoas, no fim do ano, contou em entrevista ao jornal Extra que não foram os seus clientes que começaram a briga. Segundo o advogado, Castelli teria provocado Malta por não ter gostado de uma festa. No dia que antecedeu o ocorrido, Malta teria emprestado uma lancha para Castelli ir a uma confraternização. Em troca, o ator iria no dia seguinte em seu estabelecimento prestar uma espécie de ‘presença vip’.

-Publicidade-
-Publicidade-

“Ele adorou essa festa que aconteceu no dia 29 de dezembro. No dia 30, foram cedidos para ele 15 ingressos para uma outra festa no Café de la Musique. Ele foi, e a festa não estava tão badalada. Ele saiu e foi para Barra de São Miguel, na Marina, onde estava acontecendo uma outra festa”, diz.

Ainda segundo Doria, nesse momento, o ator teria se dirigido a Bernardo para reclamar que a festa não estava legal. “Bernardo conversou com ele, mas Henri estava alterado e os dois discutiram. Foi aí que Henri Castelli deu um soco que atingiu Guilherme [Aciolly], que só revidou. Henri tentou agredir o Bernardo [Malta], o soco pegou no amigo Guilherme, que estava com ele no local. Esse amigo reagiu de forma instintiva, recebeu um soco e deu outro em sequência”, finalizou.

Fonte: Aratu On

comfiaço