Centro de Reabilitação é inaugurado em Camaçari

O Centro Especializado em Reabilitação (CER II) foi inaugurado nesta segunda-feira (1º/2) pelo prefeito Elinaldo Araújo e o secretário da Saúde, Elias Natan. Atualmente, cerca de 3 mil usuários ativos estão cadastrados no CER II, que agora, após a ampliação do número de consultórios, tem uma capacidade mensal de 1.300 atendimentos.

A nova unidade está instalada no antigo prédio da regulação atrás do antigo Bompreço, onde, após ampla reforma e requalificação, passou a contar com 10 consultórios e quatro ginásios de reabilitação para adultos e crianças. No espaço, ocorre o acompanhamento para reabilitação física e intelectual tanto adulto quanto pediátrico.

Para o prefeito Elinaldo a entrega do CER II é um avanço no serviço de reabilitação da cidade. “É preciso pensar a saúde como um todo. Veja só quantas pessoas são beneficiadas por este serviço, que tem como principal missão recuperar adultos e crianças. Isso é também promover inclusão social. Reafirmo meu compromisso em trabalhar para levar avanços no serviço de saúde de nossa cidade em todas as suas vertentes”.

O secretário da Saúde, Elias Natan explicou que, “a unidade antiga não tinha ginásios de tamanho suficiente para instalar equipamentos de reabilitação. Agora podemos implantar as terapias de reabilitação, pois esta unidade possui espaços maiores. São quatro ginásios sendo um adulto para reabilitação física, dois infantis para reabilitação física e um infantil para reabilitação intelectual”.

No CER II são ofertadas consultas de neurologia adulto e infantil, ortopedia, neonatologia, pediatria, fisioterapia adulto e infantil, nutrição, enfermagem, serviço social, psicologia, psicopedagogia, terapia ocupacional e fonoaudiologia. Com a nova unidade, também foi possível ampliar o serviço com mais uma pediatra.

Entre os pacientes atendidos pelo CER II estão pacientes de reabilitação física adulto e infantil, prematuridade, múltiplas fraturas, amputações, reabilitação de AVC, autismo, paralisia cerebral, síndrome de Down, entre outros.

Também são exemplos de serviços ofertados pelo CER II o cadastramento para pacientes cadeirantes receberem suas cadeiras de rodas, atendimento a paciente ostomizado e entregas de bolsas de colostomia.

A coordenadora do CER II, Clarisse Curvelo, explica que para terem acesso pela primeira vez aos serviços ofertados pelo CER II, os pacientes precisam ser referenciados pela atenção básica e rede hospitalar. “A partir daí o paciente é cadastrado em uma das vagas de acolhimento no sistema CRM que podem ser agendadas em todas as unidades de saúde. Uma vez acessando, e se for perfil para o CER II, o paciente será matriculado e acompanhado integralmente na unidade através da agenda interna”.

Ascom PMC