Prefeito Elinaldo recebe comissão de sindicatos e debate fechamento da Ford

Comissão formada por representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, Sindiquímica e da União Brasileira de Mulheres foi recebida, nesta quinta-feira (11/2), pelo prefeito Elinaldo Araújo, para debater a pauta de reivindicações no que tange aos impactos causados com o fechamento da empresa Ford no município, assim como pautas de políticas públicas de proteção e de emancipação para as mulheres.

Na ocasião, o gestor municipal adiantou aos presentes que entrou em contato com o governador da Bahia, Rui Costa, a fim de marcar uma data para discutir os impactos causados no município com o fechamento da Ford e para tratar de assuntos relacionados ao novo coronavírus. Elinaldo adiantou que o governador ficou de definir até esta sexta-feira (12/2) uma data de encontro.

Para tanto, o prefeito destacou a necessidade de unificar os discursos e fortalecer uma proposta de equilíbrio. “Todos estão fazendo a sua parte, executivo, legislativo, sindicatos, assembleias e o próprio governo, mas é muito importante que tenhamos habilidade de manter a unidade, sem bandeira partidária e sim com um discurso unificado e alicerçado. Infelizmente, a crise instalada com a pandemia trouxe consequências ruins para a nossa cidade, mas vamos fazer o possível e intensificar os diálogos para que novas empresas possam se instalar em Camaçari”, disse ao demonstrar responsabilidade e compromisso com o povo e comprometimento com o desenvolvimento econômico do município.

Júlio Bonfim Costa Filho, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, parabenizou a maturidade do diálogo e se colocou à disposição para agregar com o governo. “Sabemos da importância dessa reunião e apesar de termos conhecimento das limitações do executivo e legislativo formamos a comissão para ajudar a trazer resultados para o município. Não se trata de uma questão partidária, o nosso foco nesse momento não é política e sim o social, por isso queremos participar e contribuir com as discussões em prol das famílias de Camaçari que foram impactadas com a saída da Ford”, explicou.

Manifesto das Mulheres Metalúrgicas

Apesar da ênfase dada ao desenvolvimento econômico da cidade, o encontro ainda oportunizou que fosse entregue ao prefeito o Manifesto das Mulheres Metalúrgicas, documento que sugere a construção de políticas públicas de medidas protetivas e concretas para fortalecer as mulheres do município. O manifesto foi entregue, em mãos, ao gestor, por Ângela Arcanjo, Secretária de Políticas de Mulheres do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari.

 

Fotos: Jean Victor